5 motivos para implementar um canal de ética

Há seis anos, a Association of Certified Fraud Examiners (ACFE) divulgava uma pesquisa com a seguinte afirmação: um canal de denúncia bem estruturado e operado por uma empresa especializada eleva em 39% o número de denúncias recebidas frente aos canais operados internamente pelas organizações. Em 2012, um outro dado: um canal de ética ou outra fonte de identificação de irregularidades reduz em 45% as perdas médias decorrentes de fraude em relação a empresas que não contavam com a ferramenta. Somente esses números já conseguem demonstrar a importância de uma empresa contar com um canal especializado para receber, analisar e agir perante as denúncias.

Afinal, o que o canal de ética propõe?

O canal de ética é uma aproximação da alta diretoria com o restante da empresa, sendo uma ferramenta confiável e ética para a comunicação. É um sistema necessário para diversos segmentos produtivos, sendo especialmente útil em médias empresas, que ainda possuem pouca maturidade para receber e tratar denúncias. A D&F traz ao mercado um canal de ética com método sofisticado de compliance, sem a necessidade de um alto investimento com equipe ou sistemas de empresas mais caras.

O canal serve para detectar e tratar diversas queixas, que podem estar relacionadas à governança corporativa (suborno, corrupção e conflito de interesses, por exemplo), ao setor de Recursos Humanos (assédios, abuso de poder e acidentes, por exemplo) e à área financeira, como fraudes contábeis, superfaturamentos e utilização inapropriada de recursos fornecidos pela organização.

5 Motivos para implementar um canal de ética

  • Sistema formal e confiável: funcionamento em ambiente seguro, configurações personalizadas de acesso, relatórios de recebimento de denúncias e operação realizada por uma empresa especializada;
  • Tratamento de denúncia sem conflito de interesse: a terceirização do serviço permite que a empresa tenha um canal de ética operado por uma companhia especializada, que segue um código de ética que promove a confidencialidade e métodos imparciais para análise de conduta;
  • Metodologias adequadas de reporte: vimos no post sobre a importância de um canal de denúncia que poucas empresas conseguem manter uma estrutura de recebimento, análise e resolução de denúncias. Muitas vezes, as companhias que possuem essa estrutura não conseguem evoluir na resolução de casos por não possuir um método que garanta a correta tomada de decisões.
  • Ganho em transparência: a atuação de um canal de ética baseada em princípios éticos torna os processos de análise de denúncia mais transparentes e, com isso, eleva-se a confiança dos funcionários em relação ao método de acompanhamento de condutas e gera melhorias no alinhamento das pessoas aos valores da empresa;
  • Tratamento das denúncias após a decisão dos gestores.

Atualmente, contar com um método especializado para tratar as denúncias é um diferencial para empresas perante investidores, licitações e destaque no próprio segmento de atuação. Um canal de ética gerenciado por uma equipe especializada trata-se de item importante para a competitividade empresarial, além de prevenir perdas financeiras,  prejuízos na imagem da empresa, atos indevidos e permitir ganhos em aspectos culturais na organização.

Quer saber mais sobre a nossa solução? Entre em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *